terça-feira, 18 de agosto de 2015

TESTEMUNHO FORTE....PR.PAULINHO DE JESUS, EX-TRAVESTI TRANSFORMADO POR CRISTO!



TESTEMUNHO COMPLETO: 30 MINUTOS


TESTEMUNHO EM PARTES:

PARTE 1
https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=N738aG-bUpg


PARTE 2
https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=BpUJ3KRM7Qs


PARTE 3
https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=K45To_wKRsc



PARTE 4
https://youtu.be/8QObH8NF0t8






Ex-homossexual - Lutando contra a homossexualidade

Boa noite, venho através deste blog compartilhar experiencias com todos os sofrem ou sofreram com desejos homossexuais, que não aceitam a homossexualidade em sua vida, e que realmente não devem aceitar porque isso é algo ruim. Sou casado tenho 21anos, sou evangélico pentecostal, e fui abusado na minha infância. em virtude disso comecei a sentir desejos homossexuais que se afloraram na minha adolescência. Me converti ao senhor Jesus aos meus 11 anos, porém quando me desviei dos caminhos do Senhor, por volta dos 15 anos, senti desejos homossexuais e comecei a me envolver com essas práticas, masturbação, e cheguei a ter algumas relações. Porém sempre ao final da prática homossexual, era abatido por uma profunda angústia e as vezes desejo de suicidio, pois sabia que aquilo era ruim, pois sabia que Deus não havia me criado para me relacionar com Homens e sim com uma mulher, uma esposa, que fosse só minha e eu só dela. Tentei lutar de várias formas contra o homossexualismo quando estava longe do senhor porém sem sucesso, pois o único que tem poder para libertar o homem do homossexualismo é Jesus. Voltei para os caminhos do Senhor, e hoje estou vencendo a homossexualidade, casei, tenho uma esposa abençoada, e verdadeiramente não sinto desejos homossexuais, pois aprendi a vencer isso. Assim como Jesus liberta o drogado, o ladrão, a prostituta, também liberta o homossexual, pois todos são vítimas de opressão do maligno. O Diabo conhece a tua vida, sabe qual é o teu ponto fraco e vai fazer de tudo pra te manter aprisionado nessa pecado, seja ele qual for, pois ele veio pra matar roubar e destruir mas Jesus veio para dar vida e vida com abundância.

Como vencer o homossexualismo?
Muito irmãos, evangélicos, mesmo depois de convertidos não conseguem vencer seus desejos(como eu muitas vezes pensei em desistir e me entragar aos desejos da carne, porém sabia que jamais seria feliz), e acabam se distanciando dos caminhos do Senhor para se entregar aos desejos da carne. O fato é que a nossa carne quer o pecado, ela deseja o pecado, porém o nosso espírito quer Deus e ter mais e mais comunhão com ele.

E como fazer para vencer a carne?
Todos nós sofremos tentações, seja quem for, pois o Diabo tenta o ex-ladrão a roubar, tenta o ex-drogado a usar drogas, e tenta o ex-homossexual a praticar homossexualismo. Para vencer a carne, temos que fortalecer o nosso espírito e enfraquecer a nossa carne, e fazemos isso através do jejum e da oração. Eu, só consegui vencer o homossexualismo depois que tomei uma posição com Deus de jejuar no minimo uma vez por semana e orar com mais frequencia, ter mais comunhão com Deus. E o que me fortalece realmente é o jejum e a oração pois através dele podemos chegar mais perto do Senhor e fortalecer o nosso espirito. O próprio Senhor Jesus foi tentado pelo Diabo, porém estava 40 dias e 40 noites em jejum.

Se você pratica o homossexualismo e não aguenta mais essas práticas, procure uma igreja evangelica e tome um propósito com Deus, creia em Jesus como teu Salvador, pois concerteza Deus tem um plano na tua vida. Gostaria de manter contato com meus irmãos que passam pelas mesmas lutas via msn, favor deixar comentário com msn. A paz do Senhor que Deus abencoe a todos


segunda-feira, 17 de agosto de 2015

COMO VENCER O HOMOSSEXUALISMO: Deus por que eu....

COMO VENCER O HOMOSSEXUALISMO?


Deus porque eu?

Quantas vezes você já se perguntou isso? Você que sofre com esses desejos, que não entende o por quê tem passado por isso já deve ter se perguntado inúmeras vezes sobre isso. E é exatamente isso que desejo esclarecer neste post.

Primeiro: Não é Deus que faz isso com você, quem faz isso é satanás. Eu não tenho nem sombra de dúvidas que, homossexualismo é uma opressão espiritual. Eu sei o que é sentir desejos homossexuais, pois senti na pele, e hoje pela graça de Deus estou livre. Pra entendermos essa questão, temos que entender que assim como existe uma hierarquia espiritual no céu, também existe no inferno,  e satanás usa demônios para escravizar pessoas no pecado. Alguns demônios escravizam pessoas nas drogas, outros no alcool, outros na prostituição, outros na pedofilia, outros no homossexualismo, e assim por diante.

O certo é que o diabo não escolhe raça, cor, religião, ou qualquer tipo de característica. satanás quer levar todos com ele, o objetivo dele é frustrar os planos de Deus. Pra você entender melhor: Imagine que satanás, se pudesse, acabaria com Deus, porém ele não tem poder pra isso, ele não pode tocar em Deus, então ele tenta acabar com aquele que Deus mais ama, eu e você.

Queridos entendam que para vencer, vocês precisam estar perto de Deus, manter uma comunhão diária com Deus, assim Satanás não poderá oprimi-los.

Estou aqui para te ajudar a vencer, pois "em todas essas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.(Rm8:37).

Fiquem na paz.


Lutei muito nos últimos dias, mas Deus me deu vitória

Queridos irmãos, gostaria de compartilhar o que aconteceu comigo. Nos últimos dias vinha lutando muito, o inimigo estava me tentando muito, me colocando sonhos malignos, pensamentos em diversos momentos do dia. O diabo usou até um colega meu esses dias pra me mostrar um vídeo no celular, me dizendo que era uma piada, mas quando fui olhar, era um video porno homossexual. Hoje cheguei muito atribulado em casa, fui deitar, mas depois levantei tomei um banho e fui para os pés do Senhor. Me ajoelhei e orei ao Senhor, contei a Ele tudo que estava passando, me quebrantei na presença do Senhor, e quando me levantei da oração, me senti renovado. Agora a luta passou, estou tranquilo, graças ao Senhor, que me deu vitória mais uma vez. Sei que o inimigo não voltará tão cedo, pois mais uma vez ele foi derrotado. Se você está passando por isso agora, dobre os teus joelhos, e ore a Deus, conte as tuas angústias, se derrame na presença do Senhor, e com certeza irmão, Ele vai te dar vitória como deu hoje. Amém. Fiquem na paz do Senhor.

Tendo comunhão com Deus diariamente

Assim como você tem que alimentar seu corpo, você precisa alimentar seu espírito. Experimente colocar Deus em primeiro lugar na sua vida, dedique um período diário para orar a Deus, não importa quanto tempo seja 5 minutos ou 5 horas. Nesse período busque ao Senhor de todo o teu coração fale ao Senhor todas as tuas ansiedades tudo que você sente no coração. Dedique pelo menos um dia de jejum ao Senhor por semana, isso vai te ajudar a vencer as tentações. Lute, vença, Deus te fará um vencedor!

Vencendo as lutas diárias

Há dias que nosso espírito está fraco, parece que estamos mais frágeis ao erro. É nesse momento que temos que jejuar. Tome um propósito de fazer um jejum semanal. Sim pois, jejuar fortalece o nosso espírito, jejuar enfraquece a carne e seus desejos. O inimigo não pode lhe tocar quando seu espírito está fortalecido. Vença! Pois Deus te fez um vencedor! Mesmo que fracasse, jamais desista! Deus te homem para ser homem! Ter uma familia e uma esposa abençoada! Lute! Ore! Jejue! Ele vai te dar a vitória!

Postado por 

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Ator gay Rupert Everett: Não há nada pior que ser criado por dois "pais"


Ator gay Rupert Everett: Não há nada pior que ser criado por dois "pais"



WASHINGTON DC, 17 Set. 12 / 02:52 pm (ACI/EWTN Noticias).- O famoso ator britânico, Rupert Everett, que é declaradamente gay, assinalou que não há nada pior que "ser criado por dois paishomossexuais. Por causa desta afirmação, recebeu diversos ataques por parte do lobby gay.

Everett, que atuou em vários filmes como: "Shakespeare apaixonado", "O Casamento do Meu Melhor Amigo" e fez a voz do personagem do príncipe encantado no "Shrek", declarou ao Sunday Times Magazine que não pode "pensar em nada pior que ser criado por dois pais gays".

"Alguns podem não estar de acordo com isso. Está bem! Essa é minha opinião", expressou.

O ator, que atualmente interpreta o ator Oscar Wilde no filme "O beijo de Judas", fez estes comentários enquanto falava do fato de que seu atual companheiro vai conhecer a sua mãe, Sara.

A respeito disso, a mãe declarou à revista que "antes falava que queria que Rupert fosse heterossexual, provavelmente ainda sinto isso. Eu gostaria que tivesse uma linda esposa e que tivesse filhos. Ele é tão bom com as crianças".

"Seria um pai maravilhoso… mas acho também que uma criança necessita a um pai e a uma mãe. Eu falei para ele e coincide comigo. Não fica chateado e somente ri".
O ator disse também que "não estou falando em representação da comunidade gay. De fato, não me sinto parte de nenhuma ‘comunidade’. A única comunidade a que pertenço é a humanidade".

Esta não é a primeira vez que Everett critica a paternidade homossexual. Anteriormente já a tinha chamado de "egocêntrica e vã".

terça-feira, 4 de agosto de 2015

testemunho de um ex-homossexual americano

Bom dia a todos, sempre na paz que excede todo o entendimento!
Já assisti inúmeros testemunhos de transformação de vidas, mas este moveu meu coração. Me emocionei.
ELES EXISTEM!!!
Assista, se curtir compartilhe!

Fonte: Pr. Marco Feliciano

Ator gay Rupert Everett: Não há nada pior que ser criado por dois "pais"

Ator gay Rupert Everett: Não há nada pior que ser criado por dois "pais"
Rupert Everett
WASHINGTON DC, 17 Set. 12 / 02:52 pm (ACI/EWTN Noticias).- O famoso ator britânico, Rupert Everett, que é declaradamente gay, assinalou que não há nada pior que "ser criado por dois pais" homossexuais. Por causa desta afirmação, recebeu diversos ataques por parte do lobby gay.
Everett, que atuou em vários filmes como: "Shakespeare apaixonado", "O Casamento do Meu Melhor Amigo" e fez a voz do personagem do príncipe encantado no "Shrek", declarou ao Sunday Times Magazine que não pode "pensar em nada pior que ser criado por dois pais gays".
"Alguns podem não estar de acordo com isso. Está bem! Essa é minha opinião", expressou.
O ator, que atualmente interpreta o ator Oscar Wilde no filme "O beijo de Judas", fez estes comentários enquanto falava do fato de que seu atual companheiro vai conhecer a sua mãe, Sara.
A respeito disso, a mãe declarou à revista que "antes falava que queria que Rupert fosse heterossexual, provavelmente ainda sinto isso. Eu gostaria que tivesse uma linda esposa e que tivesse filhos. Ele é tão bom com as crianças".
"Seria um pai maravilhoso… mas acho também que uma criança necessita a um pai e a uma mãe. Eu falei para ele e coincide comigo. Não fica chateado e somente ri".
O ator disse também que "não estou falando em representação da comunidade gay. De fato, não me sinto parte de nenhuma ‘comunidade’. A única comunidade a que pertenço é a humanidade".
Esta não é a primeira vez que Everett critica a paternidade homossexual. Anteriormente já a tinha chamado de "egocêntrica e vã".

quarta-feira, 1 de julho de 2015

O DIREITO DE SER EX-GAY...! AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE O DIREITO DE DEIXAR A HOMOSSEXUALIDADE!


O DIREITO DE SER EX-GAY...! AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE O DIREITO DE DEIXAR A HOMOSSEXUALIDADE!


AUDIÊNCIA PÚBLICA: O DIREITO DE DEIXAR A HOMOSSEXUALIDADE 

https://youtu.be/wxvV8QfhTjw




Publicado em 28 de jun de 2015
A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados abriu as portas para a minoria da minoria: os ex-gays.

Pessoas que não se adaptam com a homossexualidade existem em montes e um espaço de diálogo foi enfim aberto para entender estes.

Não importa o motivo que leve alguém a querer deixar e deixar de fato a homossexualidade. Se tal pessoa estiver em suas perfeitas capacidades cognitivas ela deve ser respeitada e se buscar auxílio também deve ser prestado.

Rotular algo que não se sabe a origem como não sendo doença e sem comprovação científica além de ser injusto fechou as portas e compreensão para os que não querem ser gays.

A maioria das pessoas, doutrinadas pela mídia e jogo político, deixaram de ver a situação que é séria como só mais uma invenção religiosa. A mídia faz isso porque é financiada pelos que cresceram politicamente ganhando voto de uma minoria que tem como maioria pessoas que não se questionam só aceitam tudo que lhes é oferecido. As marionetes do ativismo gay.

Assim como um hétero pode ter desilusões no mundo hétero e experimentar novidade no mundo gay e ficar. Adaptar-se. Parece ser razoável que o contrário também aconteça.

O Conselho Federal de Psicologia do Brasil é o único que proíbe pessoas adultas e em sã consciência de abandonarem a homossexualidade com auxílio profissional. Tal órgão determina que a única opção para essas pessoas é a aceitação.

Não é atoa que tal órgão saiu da audiência com fama de FÁBRICA DE GAYS.

Fonte: www.exgay.com .
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...